Recepção da Antiguidade Clássica na Literatura Portuguesa

 

 

Responsável:  J. Filipe Ressurreição

Investigadores convidados:
André Simões
Isabel Almeida
Maria Isabel Rocheta
Paula Morão

Duração:
26 horas de contacto, ao longo de 13 sessões de 2 horas.

Datas e Calendário:
De 4 de Junho a 18 de Julho de 2012
Inscrições aceites até 1 de Junho de 2012
Segundas e quartas, das 16h às 18h.

Propinas:
Público geral: 40€
Estudantes: 25€

Destinatários:
Estudantes do Ensino Secundário e Superior e profissionais das áreas de Literatura, Linguística, História, Arqueologia, Artes, Direito.

Certificação e avaliação:
Todos os inscritos terão direito a um certificado de participação.
Aqueles que tiverem interesse em ter um certificado de participação e de avaliação, serão submetidos a um exercício presencial na 14.ª sessão do curso livre.

Objectivos:
• Dar a conhecer textos e escritores da literatura portuguesa que receberam influência da antiguidade clássica;
• Oferecer métodos de análise de texto aplicáveis a autores e a textos não contemplados no programa do curso;
• Dar a conhecer os estudos comparativos nas áreas de estudos clássicos e de literatura portuguesa.

Conteúdos:
• Luís Vaz de Camões;
• Padre António Vieira;
• Bocage;
• Almeida Garrett;
• Camilo Castelo Branco;
• Eça de Queirós;
• Camilo Pessanha e Eugénio de Andrade;
• Miguel Torga;
• Sophia de Melo Breyner Andresen;
• Poesia contemporânea.

Metodologia:
O curso livre 'Recepção da Antiguidade Clássica na Literatura Portuguesa' pretende dar a conhecer textos e autores em que a influência clássica é uma chave de leitura de inegável importância. É na decifração desse valor estrutural que se centrará a análise das obras propostas pelos docentes do curso.

Programa previsto:

4 Junho:

Luís Vaz de Camões (Isabel Almeida)

6 de Junho:

Padre António Vieira (Fernanda Carrilho)

11 de Junho:

Recepção da epigramática greco-latina na literatura portuguesa (André Simões)

18 de Junho:

Poesia romântica (Ricardo Nobre)

20 de Junho:

Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco (Maria Isabel Rocheta)

25 de Junho:

A transformação trágica em Camilo Castelo Branco (J. Filipe Ressurreição)

27 de Junho:

Os Maias, de Eça de Queirós (J. Filipe Ressurreição)

2 de Julho:

"A Perfeição", de Eça de Queirós (Ricardo Nobre)

4 de Julho:

Sophia de Melo Breyner Andresen (Ana Filipa Silva)

9 de Julho:

Miguel Torga (Ana Sofia Albuquerque e Aguilar)

11 de Julho:

Camilo Pessanha e Eugénio de Andrade - Questões de Poética (Paula Morão)

16 de Julho:

Poesia Contemporânea (Cristina Pimentel)

18 de Julho:

Avaliação