topo

 Linhas de Investigação 

 

Discursos Críticos nas Artes Performativas
Coordenação de Gustavo Vicente 

Tem como objetivo a interpelação crítica das artes performativas contemporâneas nos seus diferentes domínios de inquirição (processo criativo, dramaturgia, produção cénica, corporalidade, reflexão crítica). Parte de uma lógica interdisciplinar e de um princípio de aproximação do saber-fazer criativo às perspectivas recentes do pensamento crítico, desenvolvendo a ligação privilegiada de muitos dos seus investigadores à produção artística e à crítica. 

Linhas temáticas em curso ou a iniciar: 

Análise do Espetáculo: análise das dimensões estética, cultural e política dos espectáculos, com vista à interpelação da esfera pública. 

Prática como Investigação: explora os paradigmas, metodologias, modelos de transmissão e práticas de documentação que tomam a investigação nas artes performativas como um lugar de confluência de interesses científicos e artísticos. 

Genética Teatral e Processo Criativo: estudo da genética do espectáculo, privilegiando o registo e a análise do processo criativo em todas as suas etapas, componentes e linguagens artísticas. 

Teoria dos Afetos:considera a dimensão afetiva das artes performativas, estimulando o debate e a produção científica em torno dos conceitos, vocabulário e abordagens metodológicas inerentes ao estudo dos afetos. 

Dramaturgias contemporâneas: problematiza os modos de fazer dramatúrgicos, com enfoque na produção recente da escrita para teatro em Portugal, em articulação com outras práticas e contextos internacionais. 

Corporalidades expandidas: alimenta a reflexão interdisciplinar em torno das questões da corporalidade, abrangendo géneros confluentes como o teatro, a dança, o novo circo, a performance, e as formas animadas. 

Teatro e sociedade: aborda as potenciais ancoragens da prática teatral em territórios artísticos e não artísticos (escolas, museus, associações, etc.), promovendo a construção de novos saberes em torno da capacidade de participação e intervenção social do teatro.  

Voz em performance:congrega os saberes dispersos em áreas distintas como a acústica, as neurociências, a filosofia da linguagem e a psicologia em torno da discussão sobre a relação da voz com o corpo, o movimento e o espaço. 

 

História do Teatro e do Espectáculo

Coordenação de José Camões

Tem como objetivos o estudo dos sistemas teatrais que ao longo dos séculos foram organizando a atividade teatral em Portugal, e dos pressupostos estéticos que a marcaram; a edição do corpus integral do teatro de autores portugueses e das poéticas teatrais; a recolha e análise dos documentos que permitem (re)compor a História do Teatro em Portugal, disponibilizando-os digitalmente. 

Linhas temáticas em curso ou a iniciar: 

História do Teatro em Portugal: são objeto de estudo os teatros enquanto entidades, os intervenientes nos espectáculos, repertórios, géneros e formas de espetáculo, bem como fenómenos de receção. 

Poéticas e retórica: estudo e edição dos textos teóricos que ao longo dos séculos estabeleceram os preceitos da escrita e da representação teatral. 

Edição: edição crítica dos textos de teatro de autores portugueses dos sécs. XVI ao XIX  - originais, traduções e adaptações - em suportes digital e papel. 

Autores e textos: estudo crítico de autores e textos de teatro dos sécs XVI ao XX.

Memória e Arquivo: a) recolha, transcrição e análise dos documentos que permitem (re)compor a História do Teatro em Portugal, estabelecendo relações entre eles e disponibilizando-os em coletâneas gerais ou temáticas; b) Extração e disponibilização de dados recolhidos em fontes diversas, num sistema de informação assente em registos de espetáculos apresentados em Portugal.

Arquiteturas perdidas: estudos conducentes à reconstituição virtual de espaços teatrais desaparecidos. 

 

Teatro e Imagem
Coordenação de Filipe Figueiredo 

Resulta do reconhecimento da riqueza do território da imagem no contexto do teatro e das artes performativas e promove um campo de pesquisa de características transdisciplinares, que convoca os estudos de teatro, a fotografia, o cinema, a história da arte, a arquitectura, entre outras áreas do saber. Tem como principais objetivos: recensear imagens do teatro e seu estudo, contribuir para o desenvolvimento da história da fotografia de teatro, promover a discussão crítica sobre o estatuto da imagem no e do teatro, e valorizar a sua prática contemporânea através do debate e da realização de oficinas e de laboratórios de fotografia de cena, em articulação com grupos de teatro.  

Linhas temáticas em curso ou a iniciar: 

Iconografia: recenseamento e estudo de imagens com interesse para a história do teatro e sua disponibilização online através da base Opsis. 

Fotografia de teatro: estudo da fotografia de teatro e reflexão em torno da sua teoria, história e crítica, a par do debate em torno da criação. 

Caricatura e artes do espetáculo: estudo da relação da imagem satírica com as diversas artes do espetáculo. 

Pantomina e morte: o problema da relação entre "morte" e "vida" no retrato de ator do teatro e do primeiro cinema. 

Modernismo, teatro e imagem: estudo das ligações entre artes plásticas modernistas com as artes de palco, em particular com o teatro e a dança.

A imagem no texto, encontros com o teatro perdido: construção de um inventário de imagens presentes no texto teatral, incidindo no teatro português do séc. XVI.