Mapa do Site    |    Pesquisa
| Projectos
topo
  

Projectos

 

Projectos financiados em curso

Trilogia dos Gigante: Edição electrónica

Entidade financiadora: Fundação Calouste Gulbenkian - Processo nº 220546
Investigador Responsável: Jerónimo Pizarro.
Coordenação: Jerónimo Pizarro e Filipa Freitas.
Equipa de Investigação: Andrea Lozano, Carlos Pittella Leite, Claudia Jeanette Fischer, Filipa Freitas, Jerónimo Pizarro, José Camões e Patricio Ferrari.
Unidade de Investigação: CET – Centro de Estudos de Teatro
Duração: 10-09-2018 a 09-09-2019 (12 meses)
Financiamento: 10.000 euros
ResumoCom este projecto prevê-se a edição electrónica dos textos que constituem a "Trilogia dos Gigantes" de Fernando Pessoa. Os fragmentos, inéditos, serão sujeitos a transcrição, revisão apurada e edição electrónica. Será desenvolvida uma aplicação informática que permitirá visualizar as imagens dos manuscritos, as suas respectivas transcrições (diplomática e actualizada), aparato genético, notas históricas e de contextualização, campos de pesquisa adequados, dando assim a conhecer uma obra fundamental que contribuirá para o aprofundamento de investigações no âmbito dos estudos pessoanos (sendo o teatro pessoano uma lacuna muito evidente), mas também para o estudo da apropriação literária do mito (de temas e figuras mitológicos) na obra pessoana (e, por extensão, no teatro do século XX). A edição electrónica também permitirá o acesso livre aos textos disponibilizados, tanto em Portugal, como além-fronteiras, contribuindo para a difusão da obra do poeta.

PERPHOTO – DRAMATURGIAS DO OLHAR. CRUZAMENTOS ENTRE FOTOGRAFIA E TEATRO NO CONTEXTO PORTUGUÊS E INTERNACIONAL 

Entidade financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (PTDC/ART-PER/31693/2017)
Investigador Responsável: Filipe Figueiredo
Investigador Co-responsável: Cosimo Chiarelli
Unidade de Investigação: CET – Centro de Estudos de Teatro
Duração: 01-10-2018 a 30-09-2021 (36 meses)
Financiamento: 239.576,35 euros
Resumo: The research project explore the multiple interactions between photography and theatre in theoretical, historical and cultural implications as well as in the Portuguese and international theatrical practice during the last four decades.

ENTRIB - ENTREMEZES IBÉRICOS: INVENTARIAÇÃO, EDIÇÃO E ESTUDO 

Entidade financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (PTDC/)
Investigador Responsável: José Camões
Duração: 10-08-2018 a 09-08-2021 (36 meses)
Financiamento: 239.835,17 euros
Resumo: This project aims at i) inventorying the Iberian «entremezes» (short farces) written mainly in Castillian and Portuguese, not disregarding the Catalonian and Galician examples; ii) identifying versions (adaptations, translations, etc.) and assembling a corpus for edition and study; iii) bringing forth and publishing a digital scholarly edition of that core of texts written in more than one language. Besides the research updating in this field of study, the project will recover a significant number of forgotten, unpublished texts from Iberian authors, which reflect a common Iberian culture of the 17th and 18th centuries, thus contributing to the preservation of a common heritage. The lessons will be lodged at the Centre for Theater Studies (CET) webpage with free open access. The proved accuracy of the tools developed at CET, together with the team's long experience in digital scholarly editions ensure a rigorous research towards groundbreaking results and the project's feasibility.

ARGOS

Entidade financiadora: Europa Criativa
Investigador Responsável: Ana Clara Santos e Maria João Brilhante
Duração: 2018-2021 (36 meses)
Financiamento: 31.004.73 euros
Resumo: O projeto ARGOS, financiado pelo programa europeu Europa Criativa, insere-se na área da Genética teatral e conta com a colaboração de 5 parceiros universitários: a universidade de Rennes, a universidade de Lisboa, a universidade de Lille, a universidade da Antuérpia e a universidade do Peloponeso). Sophie Lucet (Universidade de Rennes 2) assegura a coordenação geral ; Maria João Brilhante e Ana Clara Santos asseguram a coordenação nacional da equipa do Centro de Estudos de Teatro. Em estreita ligação com o mundo artístico, o projeto propõe desenvolver a constituição de comunidades de observadores no âmbito do acompanhamento de processos de criação teatral em cinco países (Portugal, Itália, França, Bélgica e Líbano) a fim de testar diferentes formas de observação: observação integrada (Teatro O Bando, (Portugal), observação participante (Chiara Guidi da Societas Rafaello Sanzio, Itália), observação virtual (Teatro Nacional de Bretanha, França), observação criativa (Au bout du plongeoir, França) e observação intercultural (Moussem, Bélgica e Líbano). Estas novas dinâmicas interativas e experimentações inovadoras na Europa terão como objetivo questionar a prática artística segundo modalidades diversificadas de inclusão de observadores no processo de criação; alterar a relação que se estabelece nas áreas do ensino e da formação profissional com o meio artístico; renovar as ferramentas e as modalidades de mediação cultural na era digital em estreita conexão com a formação do ensino superior; redimensionar a perceção da investigação na área dos estudos teatrais à luz da renovação dos laços entre a arte e o mundo, através da constituição, fixação e transmissão  de traços interativos do gesto criador.O projeto ARGOS visa, enfim, criar e modelar as Fábricas Europeias de Criatividade (FACE), que transformarão profundamente as relações humanas e interprofissionais no campo das artes performativas.

TEATRO PROIBIDO E CENSURADO EM PORTUGAL NO SÉC.XIX 

Entidade financiadora: Fundação Calouste Gulbenkian
Investigador Responsável: José Camões
Duração: 04-09-2017 a 03-09-2018 (12 meses)
Financiamento: 7.000,00euros
Resumo: O projecto tem como objectivo a identificação dos textos de teatro submetidos às instâncias censórias do séc. XIX (sobretudo a Censura Teatral, o Conselho Dramático e a Inspecção Geral dos Teatros) que viram negadas as licenças ou foram objecto de censura parcial, com consequente reescrita em virtude de recomendações dos censores, e que subsistiram até hoje. Após a inventariação, são transcritos os pareceres negativos , com a identificação dos censores, aferindo a qualidade da censura – estética, moral, política, e e publicados na pagina do projecto na internet.Posteriormente, será  editado um reduzido número dos textos que foram proibidos ou censurados, cujos manuscritos chegaram até nós, como ensaio para a sua publicação integral. O projecto assume-se como contributo importante não só para a história do teatro, da literatura e da língua, mas também para a história das mentalidades.

CETDRAMA.PT

Entidade financiadora Fundação para a Ciência e a Tecnologia
(Projecto Exploratório - IF/01260/2012/CP0190/CT0004)
Investigador Responsável: Sebastiana Fadda
Duração: 03-06-2013 a 02-06-2018 (5 anos)
Financiamento: 50.000,00euros
Resumo: Criação duma base de dados sobre dramaturgia portuguesa contemporânea dos séculos XX e XXI, segundo dois eixos temáticos: Dicionário de Autores e Thesaurus de Peças. A base de dados tem etiquetas multilingues (pt/en/fr) e acolhe informação e materiais sobre dramaturgia portuguesa de 1900 aos nossos dias. Os dois eixos temáticos pretendem estimular um conhecimento abrangente sobre os dramaturgos e a sua obra. No caso de uma seleção significativa de autores, irão estar disponíveis biobibliografias em português e em inglês, bem como sinopses de peças representativas da sua produção. São desenvolvidos campos que reúnem dados sobre: redação de peças, publicações, manuscritos e dáctilo-escritos, traduções, bibliografias geral e específica, constando nesta última estudos e documentos vários, analíticos, gráficos e críticos. Em notas e observações são fornecidas pistas diversas para exploração de campos relacionados com existências no âmbito do historial de espetáculos, iconografia, vídeo e sonoro, inclusive através de ligações úteis (com as bases do CET e os Arquivos da RTP, entre outras). Uma importante amostra de documentos em formato digital complementa a base, surgindo como estímulo suplementar para os utilizadores levarem mais longe o seu interesse e curiosidade sobre a dramaturgia portuguesa contemporânea.

TEEN - THEATRE EUROPEAN ENGAGEMENT NETWORK

Entidade financiadora: Creative Europe Programme of the European Union
Instituições Participantes: Segni d´Infanzia Associazione in Italy, Scenekunstbruket in Norway, Teatercentrum in Denmark, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
Duração: 01-10-2016 a 30-11-2018 (26 meses)
Financiamento FLUL: 16.262,70euros
Resumo: Theatre European Engagement Network (TEEN) is a creative Europe research project that aims to engage teenagers in the theatre and create a European network that discusses and disseminate the latest research and the best practices in performing arts for young audiences. It is a  cooperation project to enable culture professionals set up a new comprehensive strategy and tools to develop theatre sector for a “non – public” of today (younger audience aged 10 to 19) and ensure a great audience of tomorrow, across Europe.
Website

Fausto: uma existência digital 
O projecto foi desenvolvido em conjunto com a Cátedra Fernando Pessoa da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade dos Andes, contando, ainda, com a colaboração da Casa Fernando Pessoa, e foi financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (Pº 139699). Teve como objectivo a inventariação de fragmentos que constituem o Fausto de Fernando Pessoa, novas transcrições e sua disponibilização na Internet.
Os fragmentos foram transcritos após o estabelecimento de critérios, convergentes com os adoptados nas edições críticas da obra de Fernando Pessoa. Desenvolveu-se uma aplicação informática que permite visualizar simultaneamente o original e a transcrição, aparato genético, notas históricas e de contextualização que poderão gerar propostas de novas organizações textuais, preenchendo uma lacuna na investigação actual dos estudos pessoanos e facultando o conhecimento dos textos fora de Portugal, onde a obra dramática de Pessoa é praticamente desconhecida .
 
 Textos Proibidos e Censurados no Teatro Português do Século XVIII

Iniciou-se em Junho de 2014 o projecto Textos Proibidos e Censurados no Teatro Português do Século XVIII, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (P.º 134706). O projecto, coordenado por José Camões, prevê a identificação dos textos submetidos à apreciação da Real Mesa Censória e que viram negadas as respectivas licenças ou foram objecto de censura parcial, com consequente reescrita em virtude de recomendações dos revedores, e que subsistiram até aos dias de hoje. Após a sua catalogação, serão transcritos, prevendo-se a publicação na Internet (e em papel) de um reduzido número deles, como ensaio para a sua publicação integral. Será desenvolvida uma aplicação informática que permite visualizar simultaneamente e comparar os fragmentos que sofreram alterações, permitindo cotejar a versão original submetida à apreciação e a modificada após a censura.

Descrição Detalhada do Projecto

Teatro Português do Século XVII: uma biblioteca digital

Iniciou-se em Janeiro de 2012 o projecto Teatro Português do Século XVII: uma biblioteca digital, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/CLE-LLI/122193/2010). O projecto, coordenado por José Camões, com a duração de três anos, visa a edição electrónica dos textos de teatro de autores portugueses do século XVII.

Visão Global do Projeto              Avaliação do Painel

(Em actualização)