Mapa do Site    |    Pesquisa

topo

O Amor Médico

amormedicoO entremez O Amor Médico constitui um surpreendente lugar onde, para além das especificidades do género literário em que se inscreve, emergem marcas ou sinais que permitem olhálo como um hipertexto no sentido em que nele se articulam e se interligam um conjunto de variáveis de contexto directamente indexáveis ao modo como os médicos, a medicina e a doença eram encaradas nos meados do século XVIII português. Esta tradução, para além da questão das fidelidades ao texto original, é demonstrativa de um autêntico processo de apropriação do texto de Molière no contexto setecentista português, em que os elementos de contexto emergem e estruturam a narrativa de modo harmonioso. A acção da desta versão portuguesa localiza-se em Lisboa, com referência explícita à sua toponíma e o conselho de médicos conta com médicos nacionais em confronto com médicos estrangeiros.

O texto foi impresso por José da Silva Nazaré, que o publica em 1769  sem nome de autor nem de tradutor, prática corrente na tipografia teatral setecentista.

*À venda no Centro de Estudos de Teatro.