topo

 Recursos Digitais
HTPonline cetbaseLogo opsis  Untitled-2 XVI XVII 1  Logo TPC XVIII 
 TPC XIX   Fausto-logotipo1.2.2
 Destaques - Actividades
 

Concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação
(Projecto PERPHOTO)

 

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI-Licenciado/a) no âmbito do projecto PERPHOTO - Dramaturgias do olhar. Cruzamentos entre fotografia e teatro no contexto português e internacional (PTDC/ART-PER/31693/2017), financiado por fundos nacionais através da FCT/MCTES.

Para mais informações consulte os documentos abaixo:

ACTA Nº 1- Aprovação dos Parâmetros do Guião de Avaliação e Aviso de Abertura do Concurso

EDITAL

Edital no Eracareers 

sdcII4 


Lançamento da Revista Sinais de Cena
(Série II, nº4)

O número de 2020 é dedicado ao tema «A Prática como Investigação» e conta com a participação de vários autores nacionais e internacionais. Para além dos vários ensaios, críticas a espectáculos e recensões a livros sobre artes performativas, neste número destaca-se uma longa entrevista ao actor e encenador Pedro Gil e um portefólio dedicado ao histórico fotógrafo de teatro José Marques.
Convidamos todos a vir descobrir este novo número e a brindar connosco no dia 31 de Janeiro, pelas 18h30 na Livraria Tigre de Papel. Decorrerá uma conversa informal entre Rui Pina Coelho, Filipe Figueiredo, Gustavo Vicente e Paula Gomes Magalhães.

Autores deste número:
Alexandra Balona | Ana Lúcia Brasil Malecha | Ana Pais | Anabela Mendes | Carlos Manuel Oliveira | Cátia Faísco | Christine Zurbach | Cláudia Galhós | Cláudia Madeira | Daniela Salazar | Emília Costa | Eunice Gonçalves Duarte | Eunice Tudela de Azevedo | Filipe Figueiredo | Francesca Rayner | Ivana Menna Barreto | Joana Pajuelo Alves | Márcia Regina Rodrigues | Paula Gomes Magalhães | Paula Varanda | Pauline Le Boulba | Paulo Esteireiro | Pedro Gil | Rogério Barros | Rui Pina Coelho | Sílvia Pinto Coelho | Vítor Lemos

(Fotografia © Jorge Gonçalves - SALA VIP de Jorge Silva Melo, encenação de Pedro Gil, 2013, Artistas Unidos e Barba Azul. Maria João Falcão.)

Data: 31 de Janeiro de 2020
Hora: 18h30
Local: Livraria Trigre de Papel

Entrada livre.

 

 Manifestações da Sexualidade no Teatro
(Call for Papers)

Encontra-se aberto o prazo para envio de propostas de artigos para o site MST (manifestações de sexualidade no teatro) –  http://mst.estudosteatro.pt/  
O MST- Manifestações de Sexualidade no Teatro é um site recém-criado e ainda sem divulgação pública, que visa a disseminação da investigação relacionada com Manifestações da sexualidade na performance teatral: efeitos e consequências de âmbito estético, ético e político da estimulação sensual e erótica através da exibição e do voyeurismo, contribuindo para o diálogo entre áreas de Teatro, Sociedade e Poder.
O objetivo é incluir neste site, agregado ao Centro de Estudos de Teatro da Universidade de Lisboa os resultados de investigação científica no âmbito da sexualidade e a sua presença no teatro enquanto veículo político e/ou de ideologemas. Os artigos poderão ser escritos em inglês, em francês ou em português e serão sujeitos à apreciação dos membros do Conselho Editorial, através de um processo de peer-review.
Versão portuguesa aqui.
English version here.
Version française ici. 

 TT - Conf Manifestações1 2-1


MANIFESTAÇÕES DA SEXUALIDADE
NAS ARTES PERFORMATIVAS E VISUAIS
(Ciclo de Conferências)

No decurso de uma investigação de pós doutoramento, financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Bruno Schiappa e o Centro de Estudos de Teatro organizam um ciclo de conferências no âmbito nacional e internacional, subordinadas ao tema dos efeitos e consequências de ordem estética, ética e política das manifestações da sexualidade nas artes performativas e visuais. O ciclo, que acontecerá de outubro de 2019 a fevereiro de 2020, apresentará um convidado por cada sessão mensal. O ciclo tem acolhimento do Teatro da Trindade e conta ainda com a supervisão de Fernando Guerreiro, consultor científico (ULisboa), e Maria João Brilhante, do Centro de Estudos de Teatro (ULisboa).
A próxima conferência ( e última deste ciclo) é no dia 5 de fevereiro de 2020 e conta com a presença de Olinda Kleiman,  Professora Catedrática, Diretora do CREPAL – Centre de Recherches sur les Pays de Langue Portugaise – Université Sorbonne Nouvelle, Paris , que irá abordar o tema 
Dizer como quem não diz – o equívoco sexual no teatro vicentino. 

Olinda Kleiman  irá analisar os mecanismos de verbalização e encenação do sexo e da sexualidade no teatro vicentino, reconsiderando o texto e a performance, que neste se apoia, numa perspetiva mais lúdica e teatral do que o que a crítica geralmente reconhece, tendo ainda em conta os hábitos culturais de uma época e o jogo de cumplicidade entre autor, ator e público, reforçado pelo processo de receção coletiva : todo um processo em que o riso é partilhado, garantindo à palavra teatral a sua espetacularidade. 

A curadoria e moderação são de Bruno Schiappa que introduzirá um breve contexto da relação do sexo e sociedade, a partir de Foucault, após o que seguirá a comunicação da conceituada convidada.

Salão Nobre, das 16h00 às 18h00. 

A conferência é em língua portuguesa.    

Entrada Livre sujeita a marcação prévia e sujeita à lotação do Salão Nobre.
Marcação através do email  
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar   

 405 18150212275c45e78bdd98b

José Marques: Fotógrafo em Cena
(Exposição)

A 27 de março, dia em que se assinala o Dia Mundial do Teatro, o D. Maria II inaugura a exposição José Marques: fotógrafo em cena, dedicada a um dos mais relevantes nomes da fotografia da cena teatral portuguesa. Paralelamente, é também lançado o catálogo da exposição, que visa fixar um primeiro olhar sobre a obra deste fotógrafo de teatro.
A curadoria da exposição ficou a cargo de Cláudia Madeira, Filipe Figueiredo e Teresa Flores. A exposição e o catálogo foram organizados pelo Teatro Nacional D. Maria II em parceria com o Centro de Estudos de Teatro da FLUL e IC. Nova da FCSH-UNL / World Academy.
A exposição está patente no Teatro Nacional D. Maria II até 28 de Junho de 2020. 

Livros
rastos luminosos

Rastos Luminosos em palcos do tempo:
Homenagem a Maria Helena Serôdio
(Org. Sebastiana Fadda e Maria João Almeida) 

Maria Helena Serôdio, Professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, tem contribuído de forma determinante para o desenvolvimento dos Estudos Anglísticos e dos Estudos de Teatro em Portugal. A perspicácia do pensamento, a paixão generosa no ensino e na investigação, a mestria da escrita, o rigor exemplar e a interpelação exigente, têm constituído uma referência inquestionável para a comunidade.
Este livro reúne textos que lhe são oferecidos, como oportuno reconhecimento e merecida gratidão.

peet-87095-800x600

 Performing Ethos: 
International Journal of Ethics in Theatre & Performance 
(Volume 9, Issue 1)

This journal issue looks at ethical positions and qualities in artistic processes and aesthetic modalities of migrant representation in contemporary theatre and performance in Europe and beyond. The articles and interventionsespecially written for this issue discuss performances of migration as ethical spaces, looking at migrancy and performance within the triad of movement- identity- and communityThe journal issue is informed by the work of Migrant Dramaturgies Network, an international research network that explores emerging dramaturgies of theatrical responses to migration in light of recent migration and shifts in global politics and economics.
The journal issue is now available online and in print. Details and content at: https://www.intellectbooks.com/performing-ethos-international-journal-of-ethics-in-theatre-performance 

redefining-theatre-communities-front-cover-82079-800x600 

Redefining Theatre Communities
Szabolcs Musca

Redefining Theatre Communities explores the interplay between contemporary theatre and communities. It considers the aesthetic, social, and cultural aspects of community-conscious theatre-making. While doing so, the volume reflects on recent transformations in structural, textual, and theatrical conventions and traditions, and explores the changing modes of production and spectatorship in relation to theatre communities. The essays edited by Szabolcs Musca and Marco Galea present an array of emerging perspectives on the politics, ethics, and practices of community representation on the contemporary international theatre landscape. An international, interdisciplinary collection featuring work by theatre scholars, theatre-makers, and artistic directors from across Europe and beyond. Redefining Theatre Communities will appeal to those interested in the diverse forms of socially engaged theatre and performance.
Details and content at: https://www.intellectbooks.com/redefining-theatre-communities

img6

D. Maria Teles
João de Andrade Corvo
José Camões e Ana Isabel Vasconcelos (ed.)

No decurso do projecto Teatro proibido e censurado no século XIX em Portugal (https://teatroproibidoxix.letras.ulisboa.pt/), uma aturada pesquisa levou à identificação de um manuscrito existente no arquivo da Biblioteca da Escola Superior de Teatro e Cinema, intitulado D. Maria Teles.
Confrontado com o famoso parecer de Herculano foi possível perceber que se trata da peça de Andrade Corvo, numa versão reformulada, resultante das observações feitas no nesse parecer. É esse o texto, de que também o autorse ignorava, que se edita e publica.

António Pinheiro

Biografias de Francisco Palha e António Pinheiro
(Eugénia Vasques)

António Pinheiro Vol. 8 da Coleção "Biografias do Teatro Português" de Eugénia Vasques
António Pinheiro (1867-1943), considerado um dos atores portugueses mais inteligentes e instruídos da sua geração, é a personalidade recordada por Eugénia Vasques neste escrito biográfico. Apoiada em provas documentais, algumas das quais inéditas, a autora guia-nos pelo longo e riquíssimo percurso artístico de Pinheiro, recorda aspetos marcantes da sua vida pessoal, sublinha o seu empenho na luta associativa em defesa dos profissionais de teatro, tudo isto inserido num contexto social e profissional que nos permite avaliar a relação de Pinheiro com os seus pares bem como o seu posicionamento relativamente às tendências estéticas da época. 
Competências múltiplas, espírito versátil e trabalho afincado fizeram com que a sua presença no teatro fosse além da representação, tendo desempenhado as funções de diretor de cena, ensaiador, marcador de peças e «metteur-en-place». Ainda ligado à atividade teatral, foi professor do Conservatório, onde deu a sua última aula aos 70 anos.

Francisco Palha

Biografias de Francisco Palha
(Levi Martins)

Francisco Palha Vol. 7 da Coleção "Biografias do Teatro Português" de Levi Martins
O sétimo volume desta coleção é dedicado a Francisco Palha (1827-1890), o principal promotor da construção do Teatro da Trindade, de Lisboa, e o seu primeiro empresário. Apesar da reconhecida importância deste seu empreendimento, que em 2017 celebrou 150 anos de existência, houve todo um percurso anterior, até agora esquecido, e que explica o sucesso então alcançado com aquela nova sala de teatro.
A forma intimista como o autor nos aproxima da vida do biografado e o tom pessoal da sua escrita fazem desta leitura uma agradável descoberta de um homem de teatro, cujo discreto lugar na nossa memória coletiva não corresponde, de todo, à real importância das suas ações.

 Outros destaques

Programa em

Estudos de

Teatro

2019-2020

saigon 2 caroline

 Índices

index.jpg

 Índices 

 O CET começa agora a disponibilizar alguns tipos de índices de interesse teatral.Já se encontram disponíveis os Índices de Teatro dos Periódicos de Rafael Bordalo Pinheiro e os Índices de espectáculos recenseados por Júlio César Machado n’A Revolução de Setembro e no Diário de notícias. Pode consultá-los nas Edições online das nossas Publicações.

 
 

 7b883aa3-480f-4408-9f1a-bcb9e451336b    5e4b3f67-cd3b-4286-8e10-a94a9746327b

subvscrever
facebook